A história do pássaro curió

Este pequeno grande pássaro curió, tem uma bela história de sua origem. Ele é uma das aves mais populares do Brasil, e seu nome tem origem Tupi Guarani que significa amigo do homem.

O curió é muito conhecido e apreciado pelo seu belo canto. É de pequena estatura, as penas são coloridas nos tons de preto e vinho. Ele é um grande companheiro para os humanos, podendo viver até os 30 anos em cativeiro.

O canto do pássaro curió é único, ele é um excelente imitador de outras aves. Por esse motivo, não é correto criar o curió com outras espécies. Continue lendo este artigo e fique sabendo da maravilhosa história do pássaro curió.

 

Origem do Pássaro Curió

Muitas versões são contadas da origem do pássaro curió, mas uma muito interessante é a que alguns navegantes, que traziam escravos vindos de Angola, trouxeram também alguns exemplares da espécie.

O navio atracou no Brasil e os pássaros se adaptaram muito bem com as condições climáticas do nosso país. O pássaro curió se espalhou por quase toda a América Latina, em países como Equador, Argentina, Bolívia, Paraguai e até mesmo no México.

Outros pesquisadores defendem que o curió é um pássaro nativo do Brasil. Seu habitat é principalmente florestas nativas e tropicais. O pássaro curió tem um canto muito difundido por todo o Brasil, chamado de “Praia grande”.

 

As principais características do pássaro curió

O pássaro Amigo do Homem, recebeu esse nome por gostar de viver nas aldeias de índios. O nosso curió, pode ser conhecido também como Avinhado. Ele é um grande conquistador e com o seu canto, disputa e domina o território.

Na natureza, o pássaro curió aprende a cantar com os seus pais, e para quem deseja ter um curió em cativeiro, é necessário usar uma gravação com outras aves da mesma espécie cantando para que o seu aprenda.

O diferencial no canto do pássaro curió, é que ele tem o “canto corrido”, que nada mais é do que uma escala de assobios, se tornando único e muito especial. São aves pequenas, medem entre 14 a 15cm. A coloração é bem característica da espécie, as fêmeas são pardas e os machos são uma mistura de preto, castanho e branco.

 

A alimentação do pássaro curió

Uma boa alimentação para o pássaro curió consiste basicamente em alguns ingredientes essenciais:

  • Sementes: como painço, arroz, girassol e aveia. As sementes devem ser oferecidas diariamente
  • Verduras e Legumes: espinafre, chicória, almeirão, milho, abobrinha. Ofereça com menos frequência.
  • Farinhada: encontrada com muita facilidade em pet shop e pode ser oferecida entre 2 a 3 vezes na semana.
  • Areia: como os pássaros não tem dentes, é essencial oferecer areia junto aos alimentos. Nesse caso, a areia serve como um triturador de comida, facilitando a digestão do pássaro curió.

 

Criando o pássaro curió em confinamento

Existem modelos de gaiolas mais adequados ao pássaro curió, o material deve ser de madeira ou aço. O tamanho da gaiola é muito importante, não podendo “sufocar” a ave. Quanto maior a gaiola, melhor será e mais liberdade terá o seu curió. As mais recomendadas são gaiolas nas numerações 5 ou 6.

A reprodução em cativeiro do pássaro curió também deve ser observada com cautela. A fêmea curió deve ficar em uma gaiola e o macho em outra. Você irá observar o momento certo em que a fêmea aceitará o acasalamento e só então, passe o macho para a gaiola dela através de uma pequena fenda entre as gaiolas.

Após o acasalamento, a fêmea do pássaro curió fica muito agressiva e o macho precisa voltar para a gaiola dele. Os curiós botam entre 2 a 3 ovos e a alimentação nessa fase deve ser muito bem elaborada. Deixe sempre água limpa e fresca para os seus pássaros curiós.

 

O pássaro curió é sem dúvida uma ótima escolha para quem gosta de aves. São muito belos, com cantos únicos e vivem por um longo tempo. Aos poucos, com cuidado e carinho, você terá um grande amigo.

Conte para nós a sua experiência com um pássaro curió, compartilhe através dos comentários logo abaixo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *